Janeiro Branco na Pandemia 2021

A Campanha do Janeiro Branco, vem acontecendo desde 2014. O Branco foi escolhido por estar associado a uma página em branco: você pode recomeçar fazendo planos, projetos e com a esperança de que esse ano seja melhor que o anterior. O branco também representa a paz interior que muitos buscam, isso através do equilíbrio entre físico, mental e espiritual. A campanha do Janeiro Branco, visa reforçar a importância do tratamento e cuidado que se deve ter com a saúde mental e emocional.

Por: Alessandra Taborda

O Brasil é o segundo país das Américas, na classificação de maior número de pessoas com depressão, ansiedade e no uso de substâncias químicas lícitas e ilícitas. Isso é alarmante e foi potencializado desde o ano passado com a pandemia.

Janeiro Branco e a Pandemia de Covid-19

A Covid-19 trouxe além do medo da morte, o medo diante da Covid-19, infecção que muitos cientistas dedicam-se a descobrir como age no organismo humano. Nada é certo a respeito disso, o que gera insegurança, dúvidas, medo e pânico. Houve uma mudança drástica,  nas organizações corporativas, onde muitas fecharam suas portas, abriram falência, aumentando os desempregos. Nas Escolas,  as crianças e adolescentes em desenvolvimento, foram também afetadas com o isolamento que diminuiu o contato e convívio social, os métodos de aprendizagem e a distância da Instituição que serve como base para a formação humana, deixou sequelas.

Antes da pandemia, havia um discurso a respeito da exposição dos pequenos às telas, a tecnologia, “pais controlem o uso da tela, isso pode causar danos a formação cerebral de seus filhos.” Com a pandemia, o discurso precisou mudar e o inverso disso precisou ser dito. A Escola precisou se reinventar, com o método de aulas online. Professores, tiveram que se adaptar a uma nova forma de passar o conhecimento a seus alunos. Tudo novo e o novo é passível de: tristeza e desmotivação para alguns; ansiedade e crises de pânico para outros.

O núcleo familiar também sofreu mudanças no sentido de isso ter causado, divórcios, conflitos no ambiente, novos sintomas familiares compartilhados, descobertas de situações que antes ficavam ocultas, devido a logística diária. A questão do estresse frente as aulas online, pais e cuidadores tiveram que acompanhar e se familiarizar a realidade e aprendizado de seus filhos, participando, olhando, ajudando.. Existe sim um lado positivo nisso, muitas famílias passaram a se unir mais, se conhecer e dialogar mais. Em contrapartida, houveram aquelas que romperam seus laços.

Acredito que frente a tudo isso, hoje a palavra que nomeia esse momento é: RE-INVENTAR-SE.  Re-Inventar-se frente ao novo, direcionar carreiras, orientar filhos diante do novo, redescobrir-se com o parceiro(a)  de vida, caminhar e construir algo novo que diminua as angústias e gere internamente esperanças para continuar a caminhada.

Além do que já sabemos, que devemos fazer diariamente para manter-nos saudáveis, como atividade física, alimentação saudável, sono “restaura-dor”, ar  puro e sociabilidade, agora mais do que nunca, a saúde mental se tornou prioritária. Frente a tantas mudanças, se não cuidarmos e ficarmos atentos aos sinais mentais, psíquicos e emocionais, que se manifestam diariamente, pode-se padecer. E esse padecimento, tem alto preço, pois sem saúde mental, nada podemos fazer. Esse é um momento histórico mundial, que fica marcado pela nova era de campanhas, informações, profissionais assim como eu, que falam disso, que estão abertos para responder, direcionar, quem assim deseja se autoconhecer e curar.

Falar a quem sabe escutar e pontuar, ajuda a organizar ideias, superar conflitos, traumas e traz aprendizado sobre si mesmo, o outro e sobre como agir positivamente mesmo diante do caos e do desconhecido. O cultivo de bons sentimentos, ferramentas internas para ser mais resiliente e compreensão das emoções também pode ser uma das saídas para esse momento.

Cuide da sua saúde mental e emocional!


Alessandra Cristina Taborda

Sou Psicóloga Clínica, gosto de escutar, lhe compreender, com empatia para ajudar a você que me procura. Minha abordagem é humanística e psicodinâmica, focada em te auxiliar na busca das estratégias e soluções para lidar com o sofrimento, com suas angústias.O caminho para a superação de suas dificuldades ficará mais curto se você se autoconhecer.  …


A hora de cuidar de sua Saúde Mental, é agora!